Aprenda como elaborar um planejamento estratégico para sua empresa

Apenas 12% das empresas listadas na fortune 500, as maiores do mundo de 1955, continuam funcionando até hoje. Todas as outras fecharam ou reduziram significativamente de tamanho.

Essa pesquisa mostra que saber como elaborar um planejamento estratégico, antecipar ameaças e promover melhorias internas é essencial a qualquer negócio, mesmo os maiores. Sem isso, torna-se quase impossível se manter no mercado.

Por essa razão, elaboramos um guia para você entender como elaborar um planejamento estratégico para sua empresa de forma clara e objetiva. Boa leitura!

Conheça as ameaças e oportunidades externas

Para a formulação de um plano eficaz é indispensável conhecer o macroambiente. Então, tome nota dos diversos fatores externos que podem influenciar seu negócio. Divida-os em oportunidades e ameaças de acordo com o impacto para o sucesso.

É possível analisar os aspectos legais, ambientais, econômicos, concorrentes, clientes, fornecedores e órgãos reguladores (como sindicatos, prefeituras, etc.).

Existem muitas ferramentas que podem ser usadas nessa análise, tais como: clipping digital, matriz SWOT e benchmarking da concorrência. Avalie qual melhor se adéqua ao seu negócio, depois utilize para obter as informações necessárias.

Mensure os pontos fortes e fracos da empesa

O segundo momento é observar os diversos recursos empresariais, classificando-os como forças (úteis ao sucesso) ou fraquezas (empecilhos ao sucesso).

Imagine uma equipe desmotivada: é certamente um fraqueza, afinal, pode prejudicar os resultados do negócio. Equipamentos de ponta, por outro lado, é uma força, útil à eficácia dos processos e ao aumento da produção diária.

Cada força deve ser otimizada e utilizada no planejamento estratégico. As fraquezas, após identificadas, deverão ser neutralizadas, corrigidas ou eliminadas da empresa.

Trace objetivos claros e desafiadores

Após entender as variáveis internas e externas, é hora de definir os objetivos. Esse é o momento mais adequado, afinal, o gestor possui uma visão sistêmica do que acontece.

Cada objetivo deverá ser: específico, mensurável, atribuível, realizável e com tempo bem definido — padrão comumente chamado de SMART. Em seguida, poderão ser desdobrados em metas menores, de curto prazo e mais fáceis de atingir.

Em qualquer estratégia empresarial a definição do objetivo é indispensável, pois garante o alinhamento e sinergia da equipe. Assim, é possível saber onde se deve chegar.

Estabeleça a estratégia que será usada

Pense na estratégia como a resposta para a pergunta: “como os objetivos definidos serão alcançados?”. Ela deverá indicar o que deve ser feito para chegar ao lugar desejado.

A definição de estratégia é muito particular a cada negócio. No entanto, Michael Porter fala de três estrategias genéricas: diferenciação (ser melhor que a concorrência), liderança de baixo custo (vender mais barato) e foco (atender a um nicho de mercado).

É preciso avaliar qual estratégia melhor se encaixa ao negócio, seu posicionamento de mercado e objetivo desejado. Assim, será possível atuar com alto desempenho.

Defina os indicadores-chave de desempenho

Finalizando, é necessário definir os indicadores que serão usados para mensurar os resultados e avaliar se a empresa está no caminho certo (ou precisa de ajustes).

Dentre muitos indicadores é possível destacar: percentual de lucratividade, índice de liquidez, taxa de crescimento anual, satisfação dos clientes finais, custo de aquisição de clientes e eficácia dos processos. Logo, torna-se possível controlar os resultados.

A formulação de um bom planejamento estratégico depende da adequada implementação de cada uma dessas etapas. É preciso conhecer o mercado, a empresa, definir os objetivos, a estratégia que será usada e os indicadores de desempenho.

Agora você já sabe como elaborar um planejamento estratégico, certo? Aproveite para continuar aprendendo e entenda o que é posicionamento de marca. Vamos lá!

Share