Fique de olho nas tendências do mercado em recursos humanos!

Estamos vivendo uma era de mudanças constantes, praticamente tudo se inova a todo instante e, falando de pessoas, as transformações são mais evidentes ainda, afinal, somos seres dinâmicos e de fácil adaptação.

Em vista dessa realidade, os setores de RH precisam ficar atentos às tendências do mercado de trabalho, pois nunca o mundo foi tão diverso e populoso como hoje. Por isso, os profissionais estão sedentos por conhecimento para permanecerem úteis e seguirem suas carreiras até o fim.

Para que você possa tirar proveito desse cenário, conheça abaixo as principais novidades do mercado em recursos humanos. Boa leitura!

Planejamento de carreira em “W”

Um tempo atrás, a única maneira de crescer profissionalmente em uma empresa era em “Y”, ou sentido vertical. Nesse tipo de planejamento, quando o profissional atinge um nível de conhecimento e experiência esperados, deve escolher entre duas opções de carreira: gerencial ou técnica.

Esse sistema foi um importante aliado de empresas e colaboradores por anos. Contudo, atualmente, devido o surgimento de inúmeros tipos de segmentos e o alto conhecimento dos profissionais, uma nova metodologia, mais flexível, teve seu lugar ao sol.

Estamos falando da carreira em “W”, que surgiu para adicionar mais uma possibilidade de carreira para o profissional, que é a função de gestor de projetos — atividade essencial para empresas que desejam tomar decisões mais certeiras e seguras.

RH Digital

Ninguém e nenhum departamento ficam fora da transformação digital, e com a área de recursos humanos não é diferente. Além de usar as inovações tecnológicas para conhecer melhor seus candidatos e funcionários, as informações coletadas são utilizadas para reforçar as decisões de RH.

Ao automatizar o setor, você e sua equipe podem se beneficiar de três formas:

Contratação On Demand

Utilizando algumas plataformas digitais, como a Beefind ou o LinkedIn, o candidato ideal pode estar a um clique de distância. Sem falar que, graças à criação de ambientes segmentados e destinados a esse fim, é possível direcionar de forma bastante eficaz a atuação do recrutador.

Capacitação e treinamento

Realizar capacitações e treinamentos no local e horário que forem mais pertinentes ao empregado, ou seja, educação empresarial no momento certo. Essa é a principal vantagem que a tecnologia trouxe ao setor de RH, quando o foco é qualificação e atualização profissional.

Automação de processos

A inovação surge como uma facilitadora de processos de RH, oferecendo um leque de ferramentas para garantir mais agilidade às atividades relacionadas à comunicação, gestão de pessoas e projetos, entre outros. Nesse cenário, a automação ganha o protagonismo, levando em conta mecanismos como: inteligência artificial, tecnologia da informação, cloud computing (computação na nuvem), etc.

Job rotation

A rotação de funções é o que promoverá as futuras gerações de profissionais. Essa tendência permite que o funcionário realize uma espécie de intercâmbio dentro da empresa e consiga aprender sobre determinada atividade com profundidade. Vivenciando diferentes rotinas e obrigações, o profissional torna-se capaz de compreender os processos e aprimorar sua percepção sobre as diferentes áreas de atuação de sua carreira.

Vale ressaltar que esse método não é uma promoção, é somente uma movimentação lateral de atividades, que dá ao colaborador a oportunidade de adquirir mais experiência dentro da empresa.

Diversidade

Como um espelho da sociedade, pouco a pouco, a hegemonia está com os dias contados nas empresas. Gênero, religião, etnia, estilo de vida, educação e todas as particularidades que fazem um indivíduo ser único estão presentes também no ambiente organizacional. Logo, se o setor de recursos humanos não estiver devidamente estruturado para saber lidar e tirar proveito desse fato, certamente ficará para trás.

Quando se fala em diversidade nas organizações, o choque de gerações é um dos fatores que mais chama a atenção. Afinal, com o aumento da expectativa de vida, cresce também o tempo de atuação das gerações mais antigas no ambiente de trabalho — aspecto que pode fazer a gestão dos negócios prosperar.

A dificuldade está em harmonizar esse cenário com a realidade vivida por aqueles que estão chegando ao mercado de trabalho. Além de definir interações que compatibilizem este encontro de gerações, promover a liderança entre os mais jovens será um grande desafio.

E então, gostou de conhecer as tendências do mercado em recursos humanos? Deixe um comentário contando as suas experiências!

Share