Dicas para você acordar cedo com mais produtividade

Algumas mudanças em seus hábitos podem aumentar sua energia durante o dia, melhorar a sua produtividade e disposição e sua qualidade de vida.

  • Tome água. Muitas pessoas não gostam de acordar cedo porque se sentem totalmente fora do ar no momento em que se levantam. Geralmente isso acontece porque a pessoa está desidratada. Essa é a hora em que você pensa: “Eu preciso de um café”. Mas, na verdade, seria muito melhor que você tomasse água. Uma boa dica é deixar sempre um copo cheio de água na beira da cama, para tomar assim que despertar. Isso vai fazer você se sentir muito melhor ao sair da cama. Além disso, sentir-se hidratado melhora sua atenção, sua memória e sua habilidade para se concentrar.
  • Faça exercícios. As pessoas acham que, se acordarem cedo e se exercitarem, não vão ser tão produtivas naquele dia. Mas a verdade é que as pessoas que acordam cedo e se exercitam pela manhã são 15% mais produtivas naquele dia. Então realmente vale a pena acordar cedo, nem que seja para garantir que vai se exercitar antes de ir para o trabalho. Em pouco tempo, você se tornará muito mais produtivo e perceberá os benefícios de ser uma pessoa matutina. E daí não vai querer mudar nunca mais.
  • Tenha horários constantes. O corpo pode não ser exato, mas ele é regido por um ciclo chamado circadiano, expressão que significa “cerca de um dia”. Isso porque o organismo organiza suas funções para que ocorram sempre em 24 horas mais ou menos, obedecendo a duração do dia. Esse é o tal do relógio biológico. Manter uma hora certa para dormir e acordar ajuda a regular um pouco mais esse nosso cronograma interno. Ficar mexendo no nosso ciclo circadiano o desregula. Ao dormir mais tarde, você atrasa o relógio e volta a não conseguir acordar cedo. É claro que não é preciso exagerar e ser sempre pontual, mas manter uma rotina faz parte da higiene do sono e ensina o corpo a ter uma frequência.
  • Hora de dormir. Muitas pessoas não querem acordar em outro horário por que acham que vão sentir que não dormiram o bastante. É verdade que o cérebro precisa de sete a nove horas de sono. Então, se você vai começar a colocar o alarme para uma ou duas horas antes, assegure-se de que também está indo para a cama mais cedo, e dormindo todas as horas necessárias.
  • Diga não ao botão soneca. Você pode achar que está enganando o despertador, mas é o seu corpo que é feito de bobo ao apertar o botão soneca do despertador. Pode fazer mal, porque se tem um sono fracionado, que é de segunda qualidade, e acaba-se dizendo ao corpo que ele pode dormir assim, o que não é certo. O ideal é acordar assim que o despertador toca, e não ficar barganhando mais uns minutinhos.
  • De olho no cardápio. A alimentação também influencia no sono e sábio aquele que percebeu que o café ajuda a espantar a sonolência. A bebida é rica em cafeína, substância que é estimulante. Alguns alimentos fontes desse micronutriente devem ser evitados à noite, como o café, chá preto, chá verde e chocolate. Mas você pode consumi-los pela manhã. A cafeína melhora a memória, por exemplo. Só que o efeito pode não ser imediato. Pesquisas indicam que proteínas consumidas pela manhã podem aumentar características como atenção e memória logo cedo.
  • Consulte um especialista. Se mesmo com todas essas dicas, está difícil acordar cedo e com disposição, talvez seja uma boa hora de procurar uma ajuda profissional. Medicações como suplementos de melatonina podem ajudar muito, mas sempre com a orientação do médico.

Inscreva-se

Gostou deste post? Então se inscreva para receber quinzenalmente artigos, matérias e pesquisas da área de gestão de negócios. Aproveite também e siga nossas redes sociais como FacebookInstagram, Linkedin e Youtube.